lundi, novembre 07, 2011

 As lágrimas caiam-me pela face, salgadas e amargas. Por mais que tentasse parar, não o conseguia. Aquele sentimento ia-me matar por dentro, aos poucos. Odiava aquilo. Odiava não ter a força suficiente para colocar um grandioso sorriso na cara e fingir estar bem.

22 commentaires:

  1. simplesmente lindoo :)
    Muita força querida *

    RépondreSupprimer
  2. compreendo-te querida, mas tens que ter força*

    RépondreSupprimer
  3. não precisas de fingir... fingir, sufoca!

    RépondreSupprimer
  4. As coisas melhoram sempre. Sempre, demorem o tempo que demorarem. :) FORÇA*

    RépondreSupprimer
  5. lembra-te, sê sempre mais forte do que aqueles que provocam as tuas lágrimas.

    RépondreSupprimer
  6. como eu te percebo neste momento :S

    RépondreSupprimer
  7. às vezes chorar faz bem, limpa a alma. procura a força dentro de ti, e sorri.

    RépondreSupprimer
  8. o meu estado de espirito, hoje, é mesmo esse.

    RépondreSupprimer
  9. muito muito obrigada,eu adoro o teu blog:)

    RépondreSupprimer
  10. obrigada querida, também sigo *
    sim, também gosto bastante da mala :')

    RépondreSupprimer
  11. De nadaa :)
    é da saga do crepúsculo, eheheh xD

    RépondreSupprimer
  12. oh muito obrigada. também adorei o teu, vou seguir :)

    RépondreSupprimer
  13. gosto tanto tanto tanto do teu blog! :D

    RépondreSupprimer
  14. ahaha, não és a única :p

    RépondreSupprimer
  15. a situação pela qual a amizade se desmoronou de tal forma, não foi a mesma, mas eu tratava-a como uma irmã, sim sem exagero algum, posso dizer que é a única pessoa que sabe coisas importantes da minha vida, mas depois que foi para a faculdade nunca mais me ligou. agora passa por mim e sou-lhe invisível. enfim com amigas destas -.- ui.

    RépondreSupprimer

''Utiliza palavras suaves e argumentos fortes''
Obrigada pela visita