samedi, octobre 27, 2012


‘’Prometo-te. Confia em mim.’’ Juras, promessas, votos de confiança. Uma quantia enorme de sentimento a verter em tão poucas palavras ditas friamente, como a água de um copo. Usadas tantas vezes em vão. Tantas mentiras. São palavra já gastas na era moderna, onde as usam tantas vezes quantas aquelas que inspiram e expiram. No final os gestos é que contam. E apenas aqueles que verdadeiramente cumprem é que permanecem. Ainda é o Sol aquele que mais cumpre pois mesmo estando nuvens no céu ele continua lá para me alegrar o dia com os seus braços brilhantes que entram pelo meu quarto adentro, aquecem e secam as minhas lágrimas. 

4 commentaires:

''Utiliza palavras suaves e argumentos fortes''
Obrigada pela visita